Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

À NOITE, NEM SEMPRE SÓ À NOITE | #trashediastolithenight

Diz o ditado que a noite é boa conselheira, e é por isso que a minha primeira convidada é a Sonja: não há nada que…

Continuar a ler...

A BÍBLIA DO FASHION BLOGGING – TOMA 1

Ando há anos para fazer esta compilação de entradas aqui na TRASHÉDIA, mas nunca tinha, até agora, conseguido fazê-lo. A vontade de fazer esta compilação…

Continuar a ler...

à Maria – uma carta sobre o pós-parto

Após o post do #OOTD EM MODO OVO KINDER, uma leitora e amiga comentou no Instagram para fazer um post sobre o pós-parto, acho que…

Continuar a ler...

À NOITE, NEM SEMPRE SÓ À NOITE | #trashediastolithenight

Diz o ditado que a noite é boa conselheira, e é por isso que a minha primeira convidada é a Sonja: não há nada que não me tenha aconselhado na vida, que não tenha sido no mínimo bom. É provável que já a tenham visto atrás de um balcão com pratos um pouco por toda a cidade de Lisboa, da Bica do Sapato ao Brownie, do Lounge ao Lux, do Damas ao Rouge. Apanhei-a no recém inaugurado Rive Rouge, o novo bar da família Lux/Frágil,

Continuar a ler…

A BÍBLIA DO FASHION BLOGGING – TOMA 1

Ando há anos para fazer esta compilação de entradas aqui na TRASHÉDIA, mas nunca tinha, até agora, conseguido fazê-lo. A vontade de fazer esta compilação de posts aguçou-se quando no ano passado inaugurei por aqui a categoria #OOTD, porque percebi que estava aqui a fazer um upgrade, como se costuma dizer, muito incrível, mas muito pouco interessante ao nível do que é o Fashion Blogging canónico.  Tenho esta porcaria deste hábito herdado da Academia, que é a sistematização de conceitos e práticas que todas juntas

Continuar a ler…

à Maria – uma carta sobre o pós-parto

Após o post do #OOTD EM MODO OVO KINDER, uma leitora e amiga comentou no Instagram para fazer um post sobre o pós-parto, acho que com uma amplitude maior do que simplesmente o que vestir. O seu segundo filho já nasceu. O meu não. Tomo a liberdade, Maria (podia ser um nome fictício na boa), de escrever sobre tudo o que não são roupas, de um sítio onde tu sabes, porque estás lá, que é muito íntimo, porque foi tudo isso que me “preocupou” no

Continuar a ler…