Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

CALÇADA DE MÃE

A maternidade traz coisas magníficas às nossas vidas.
No meu caso, posso dizer que me trouxe uma nova vida, muitíssimo empolgante e interessante, cheia de desafios – e alguém que me exorcize quem quer que seja que se apoderou de mim e me pôs a escrever desta forma, Credo!

A maternidade é linda, mas não dá para usar saltos, pronto.
Entre o pega no ovo, põe o bebé, aperta o cinto, agarra a mala, não te esqueças de nada, leva as chaves, tranca a porta, desce as escadas, abre a porta, fecha a porta, vê o correio, deita o lixo, abre o carro, põe o ovo (porque entretanto é tudo feito com o ovo na mão com o bebé lá dentro, quentinho e a curtir), aperta o cinto de segurança, certifica-te que está tudo nos conformes, põe a mala, senta-te e que se inicie a marcha, há muito movimento. Também há muito movimento no veste o BabyBjörn, agasalha o bebé, põe o bebé no BabyBjörn, agasalha-te a ti, sai de casa, leva tudo, tranca a porta, desce as escadas e vai dar um passeio. E se há coisa que eu adoro é sair para dar passeios com a minha filha. É a coisa mais incrível de sempre. Divertimo-nos as duas. É redentor.
Bom… Qualquer coisa com os nossos filhos será sempre redentora!

Acontece que o que eu acho mais importante em tudo isto é que eu me sinta confortável para fazer tudo, sem pensar que me vão doer as pernas ou os pés ou lá o que for, porque não estou a usar o que devo, para fazer tudo isto.
Vestir-se para se ser Mãe não é uma tarefa muito fácil.
Mas calçar-se para ser Mãe, acho que ainda é mais difícil!

Por isso compilei aqui uma listinha de clássicos intemporais que, seu eu fosse uma Mãe rica, comprava para poder curtir todos os passeios em tremendíssimo cenário raso.

Começo pelos Nike Air Max Théa. Pá, sim. Os meus Air Max One estão defuntos, já não têm grip nenhum na sola e eu acho sempre que vou cair com eles porque vou escorregar (especialmente nos dias húmidos) porque a combinação humidade mais ténis quase sem sola não é lá grande charuto. Nos dias que não são húmidos, uso-os imenso. São muito confortáveis e o desempenho na calçada portuguesa é o de um todo o terreno. Dou uma nota MILH aos Théa. Que desejo muito. nike_airmaxtheaprint_blackblackgeysergrey_girlshoes_lg

Depois passo aqui para um clássico do mais clássico que já tentei roubar ao meu Pai (eu roubo imensos sapatos ao meu Pai, porque calçamos o mesmo e usados, os sapatos clássicos ficam lindos), mas que não resultou lá muito bem, porque ele os quis de volta, claro. Cómodos e maravilhosos, completamente transversais, verticais, horizontais, clássicos, versáteis e extremamente afirmativos, os Oxfords, desta feita da Churchs, porque se é então para possuir um Oxford, que seja um a sério, um casca grossa. Se fosse eu a mandar, um 39 destes em preto vinha já imediatamente cá para casa. A73721_9XV_F0AAB-2.jpg.detail.desktop

Pronto, já que é para estar nos clássicos, perdia a cabeça e a carteira nos horsebits da Gucci. Em branco. E também em camurça verdinho água com a aplicação em bambú. Pronto, era o que eu fazia. Comprava primeiro os brancos, não é? Para começar bem, etc, agora ainda está meio de chuva e a camurça estraga-se mais… Mas pronto, era assim, começava com os brancos, também para usar com tudo, e depois atirava-me de cabeça para os de camurça verdinho água, para o Verão, para usar com tudo, também. E depois já tinha dois para intercalar. Não era lindo? Era genial. 307929_BLM00_9022_001_web_full368435_CMA00_4718_001_web_fullTerminava com um par de sapatos que já estou farta de dizer que adoro e que ninguém, mas verdadeiramente ninguém, entende: os Vara, da Ferragamo. Por que motivo é que ninguém entende que estes sapatos além de geniais, são absolutamente clássicos, lindos, um emblema de marca perfeito, um par maravilhoso para usar com tudo e mais alguma coisa, das skinny jeans às saias rodadas, aos vestidos e ao que for. São uma necessidade para uma jovem Mãe, especialmente porque o saltinho é baixo e grosso. Em azul escuro, o 39. OK?

ferragamo

E acho que assim uma pessoa Mãe ia andar incrível a toda a hora, mesmo que de fato de treino, cheia de baba e bolsanços e coisada dessa que a quem é Mãe não dá nojo nenhum, só um sorriso capaz de rebentar lábios em dias de maior frio.

0
4 Discussions on
“CALÇADA DE MÃE”

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.