Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Categoria TEXTOS

LEVI’S ORANGE TAB | Il viaggio a Milano

Há já algum tempo que a Levi’s corre atrás dos ícones, sem necessidade nenhuma. A Levi’s é, no mundo ocidental, uma referência tão transversal que é muito mais do que um clássico, é um dado adquirido, um valor seguro. Um ícone incontornável. Daí que não tenha de correr. Tanto se pode ver a Levi’s como as calças que fazem o melhor rabo do mundo, como se pode vê-la como a marca do Mr. Oizo e da associação da electrónica ao denim, como podemos olhar para

Continuar a ler…

A BÍBLIA DO FASHION BLOGGING | TOMA 3 DOMINA O TEU ROSTO

Esta é, muito provavelmente, uma das tomas mais importantes da BÍBLIA DO FASHION BLOGGING. É muito provavelmente a toma em que se separa de uma vez por todas, o trigo do joio. Digamos que é o momento decisivo em que a Fashion Blogger se emancipa dessa categoria e passa a Digital influencer consagrada. Pode parecer um exagero, mas não. Pode parecer um bocado Gustavo Santos do Fashion Blogging, mas também não. No início é tudo muito simples e começar um blogue é mesmo muito fácil.

Continuar a ler…

Les FAST TALKS and The GFX Experience – my ModaLisboa Boundless

This one goes out in english, mostly because Patrick and Brooke have (since picking me up as an ambassador for the GFX event in Lisbon) been reading TRASHÉDIA in what they call Google portuguese, and that is quite scary!… It’s the Fast Talks at ModaLisboa Boundless and we’re sitting on the beautiful chairs at Sala Luís the Freitas Branco at CCB, in front of this ever growing crowd that edition after edition comes to listen and question us with the most amazing questions, and Patrick

Continuar a ler…

A BÍBLIA DO FASHION BLOGGING – TOMA 2 IN DA CITY

Porque o Fashion Blogging não começa e termina ali naquele local das poses nas imediações de casa, Blogger que é Blogger quando tem perfeitamente dominada a arte de bem posar, arrisca-se em voos mais altos. Toma de assalto o que de mais maravilhoso as redondezas lhe oferecem, e vai. Hoje divido este post em duas partes, diria eu, uma primeira que é sobre a ideia de aproveitamento da arquitectira da urbe, do mobiliário urbano e até mesmo de uma coisa muito mais interessante, que é

Continuar a ler…

Paris VS. Paris

Isto ontem, se tivesse sido eu a mandar, tinha começado assim: Num palco pequeno à italiana, um telão pintado preso numa das primeiras bambinas deixando espaço apenas para uma franjinha de boca de cena depois de aberta a cortina de ferro. Entram duas actrizes, cada uma de seu lado. PARIS ANTIGA (Muito bem vestida com um vestido preto de corte e inspiração Chanel anos 20, saia pregada de cintura baixa, corpo simples e decote em barco, calça sapatos de carácter pretos e traz ao pescoço um

Continuar a ler…

74th GOLDEN GLOBES – LE RED CARPET

Ahhhh. Madrugada de oito de Janeiro, mesmo a seguir ao Natal e ao Ano Novo e ao Dia de Reis e só penso nas mesas postas em permanência, que só se terão recolhido ontem à tarde em pleno tédio dominical e em tudo o que lá estaria em cima e que se foi picando nas últimas três semanas. Penso nisso e depois penso inevitavelmente em figuras como Rachel Zoe a panicar naquele registo monocórdico não pelos nipple covers, mas por I need more spanx. Porque

Continuar a ler…

Break Free

  O mundo da viralidade acaba de nos presentear com um anúncio feito por um estudante alemão de origem moldava, de 26 anos, chamado Eugen Merher, para a Adidas. Não sei se é um exercício escolar, se é um exercício vindo da livre vontade ou do apreço/fandom por uma marca como a Adidas, mundialmente conhecida como a super rainha no retalho vintage (sempre mano a mano taco a taco com a tão próxima Puma), ou a super marca que calçou a música independente, por exemplo. Enquanto

Continuar a ler…

OH MÃÃÃÃÃÃÃE!

Bom Dia – Bom Ano. Espero que 2017 seja maravilhoso. Assim em bom rigor, 2016 foi um ano incrível, tal como todos os outros que estão para trás e que contam na minha cronologia, desde 1985. E pensar que teria sido incrível evitar acontecimentos na vida – cheguei a essa conclusão – é bastante estúpido, porque se já vimos o Back to The Future e já lemos todas as ficções sobre viagens no tempo e afins, nada do que somos hoje o seria se tivéssemos tido

Continuar a ler…

+ DO MESMO

Acordámos com a notícia bombástica, no mundo da Fashion, que o anúncio feito pelo Speke Jonze para a japonesa KENZO era a coisa mais essencial a ver nesta semana e nos próximos meses até aparecer outro foco de excitação interwebiana. E eu fui ver. E vocês também podem, se ainda não viram: O Spike Jonze é um ídolo da cena indie e de tantas outras cenas alternativas em geral, e é extremamente maravilhoso que o Spike Jonze faça anúncios, porque é mais do que sabido

Continuar a ler…

PROIBIDO PROIBIR

A propósito da notícia absurda dos polícias que numa praia em Nice, França, obrigaram uma Mulher muçulmana a despir-se, comecei a ver online muita reacção. A reacção básica primeira foi sob a forma de fotografia de umas freiras a molhar os pés, também elas vestidas, porque a decisão básica primordial é a do confronto religioso, do confronto com o ódio religioso. Escolhi esta imagem porque é sempre melhor responder com arte. Eu como devo ser de outro estado mental, perguntei-me porque é que a Mulher

Continuar a ler…