Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Categoria MVSEVM

LEVI’S ORANGE TAB | Il viaggio a Milano

Há já algum tempo que a Levi’s corre atrás dos ícones, sem necessidade nenhuma. A Levi’s é, no mundo ocidental, uma referência tão transversal que é muito mais do que um clássico, é um dado adquirido, um valor seguro. Um ícone incontornável. Daí que não tenha de correr. Tanto se pode ver a Levi’s como as calças que fazem o melhor rabo do mundo, como se pode vê-la como a marca do Mr. Oizo e da associação da electrónica ao denim, como podemos olhar para

Continuar a ler…

TOKIO KUMAGAÏ

Sempre que alguém diz que as criações da Charlotte Olympia são inacreditavelmente virtuosas, um leitãozinho bebé é transformado no bacon que uma empregada que era a rainha da popularidade na escola secundária serve num diner americano à la fifties a um cliente redneck vestido entre o caçador de patos e o cowboy. Hoje venho falar-vos de um Senhor inacreditável, chamado Tokio Kumagaï, responsável pela criação de quase todos os objectos de por nos pés que mais fazem sonhar e que mais têm servido de decalque

Continuar a ler…

Santa Paciência

Ontem, a meio da tarde, numa pausa do ensaio, fiz scroll down do feed do meu Instagram, vi que a Carine Roitfeld tinha posto uma foto alusiva à Páscoa, da Raquel Welch, linda, só que entretanto voltei a prestar atenção ao ensaio, pousei o telefone e quando regressei ao feed, a imagem tinha desaparecido. Era controversa, sim, mas não era isso tudo, muito menos seria uma imagem para tanto alarido. Do soslaio que me deu para vê-la, era dos sessentas ou dos setentas. Vi, de

Continuar a ler…

De Olhos Bem Abertos

Este artigo inaugura esta categoria em duas vertentes e contra mim estou a jogar, porque ao ser confuso, não clarifica o meu objectivo com a categoria MVSEVM. Se por um lado este artigo é sobre as tais coisas nerds que vos prometi, por outro é uma espécie de obituário e style file. Óculos, Inuítes e André Courrèges. É amplamente conhecido que as próteses oculares têm origem desconhecida e que tentar encontrar uma única origem para os óculos é muito complicado. Foquemo-nos na Ásia: é frequente

Continuar a ler…

TROPA-FANDANGA ataca de novo e em força!

No ano passado fiz muitas coisas lindas, sendo que destaco naturalmente a minha filha, a “TROPA – FANDANGA” e um par de óculos de sol. Este ano, na vigésima edição dos Globos de Ouro, certame SIC/CARAS, a “TROPA – FANDANGA” está nomeada na categoria de Melhor Espectáculo de Teatro. E como vamos começar, já na semana que vem, os ensaios por causa da reposição da mesmíssima “TROPA – FANDANGA” e comecei a revisitar a dita cuja, aqui vos deixo com algo que seria irrevelável no

Continuar a ler…