SUPREME X LOUIE V.

No ano dois mil, a Supreme, com seis anos de vida, fazia uma coisa incrível e super fixe, pré-era da viralidade na internet, mas muito possível para a viralidade na internet, que foi a apropriação do padrão monogramado da Vuitton. Alterado, verdade seja dita, de forma subtil, sem correr riscos judiciais ao nível do roubo da propriedade. Foi apenas um exercício de apropriação cultural, típico dos movimentos artísticos da guerrilha urbana da street art. Tudo simples, tendo em conta que a Supreme começa na cabeça

Continuar a ler…