Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Etiqueta Feminismo

OH MÃÃÃÃÃÃÃE!

Bom Dia – Bom Ano. Espero que 2017 seja maravilhoso. Assim em bom rigor, 2016 foi um ano incrível, tal como todos os outros que estão para trás e que contam na minha cronologia, desde 1985. E pensar que teria sido incrível evitar acontecimentos na vida – cheguei a essa conclusão – é bastante estúpido, porque se já vimos o Back to The Future e já lemos todas as ficções sobre viagens no tempo e afins, nada do que somos hoje o seria se tivéssemos tido

Continuar a ler…

Sou uma Clássica | #trashediastoliyourlook

Comecei a escrever este #TRASHEDIASTOLIYOURLOOK pelo menos umas oitenta vezes em papel, duzentas em notas do iPhone e umas outras centenas num documento do Pages. A primeira frase era poética e era alguma coisa género “Saí da casa-atelier-tese-de-doutoramento da Ana como quem sai de um primeiro date”, mas tive medo que fosse super pirosa e resolvi não a eliminar de todo, mas enquadrá-la num momento de declarada ironia. Depois também escrevi, como primeira frase, que esta edição tinha sido feita na casa-atelier-tese-de-doutoramento da Ana, porque

Continuar a ler…

Santa Paciência

Ontem, a meio da tarde, numa pausa do ensaio, fiz scroll down do feed do meu Instagram, vi que a Carine Roitfeld tinha posto uma foto alusiva à Páscoa, da Raquel Welch, linda, só que entretanto voltei a prestar atenção ao ensaio, pousei o telefone e quando regressei ao feed, a imagem tinha desaparecido. Era controversa, sim, mas não era isso tudo, muito menos seria uma imagem para tanto alarido. Do soslaio que me deu para vê-la, era dos sessentas ou dos setentas. Vi, de

Continuar a ler…