Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Etiqueta Lux/Frágil

À NOITE, NEM SEMPRE SÓ À NOITE | #trashediastolithenight

Diz o ditado que a noite é boa conselheira, e é por isso que a minha primeira convidada é a Sonja: não há nada que não me tenha aconselhado na vida, que não tenha sido no mínimo bom. É provável que já a tenham visto atrás de um balcão com pratos um pouco por toda a cidade de Lisboa, da Bica do Sapato ao Brownie, do Lounge ao Lux, do Damas ao Rouge. Apanhei-a no recém inaugurado Rive Rouge, o novo bar da família Lux/Frágil,

Continuar a ler…

PERSONAL BRANDING AD INFINITUM

Hoje saiu o número 57 da revista WAD. Conheço a WAD muito a fundo porque o Bruno Collin é amigo da minha família francesa radicada em Barcelona, nomeadamente do Jean-Claude e da Charlotte Messana. E gosto da WAD porque é uma revista conceptual e porque é dos únicos objectos de “cultura urbana” que a explora de uma forma interessante e tentacular. A WAD teve uma das produções de moda mais maravilhosas de sempre, a qual foi do número 37, recentemente revisitado no seu website, o

Continuar a ler…