Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Etiqueta paris

AEROPORTO COOL

Desde aquele filme com o George Clooney que é tipo, obrigatório ser super cool em viagem. É essencial levar apenas o essencial e ter todo o tipo de acessórios ultra mega desenhados para maximizar a experiência de viajar livremente, e ser prático e ser eficaz e ser uma super estrela que desliza pelos aeroportos super na boa, mesmo que não use as passadeiras rolantes. A cena é que de repente começou a haver controlos em todo o lado e ameaças terroristas latentes e polícia e

Continuar a ler…

TOKIO KUMAGAÏ

Sempre que alguém diz que as criações da Charlotte Olympia são inacreditavelmente virtuosas, um leitãozinho bebé é transformado no bacon que uma empregada que era a rainha da popularidade na escola secundária serve num diner americano à la fifties a um cliente redneck vestido entre o caçador de patos e o cowboy. Hoje venho falar-vos de um Senhor inacreditável, chamado Tokio Kumagaï, responsável pela criação de quase todos os objectos de por nos pés que mais fazem sonhar e que mais têm servido de decalque

Continuar a ler…

Teremos Sempre Paris

Os meus feeds de redes sociais contam com contribuições muito variadas, sendo que das mais comuns são, inevitavelmente, pessoas relacionadas com o mundo da Moda. Naturalmente, como se trata de redes sociais e de um modelo de negócio muito novo para alguns, conhecido para outros, a ideia de que o show must go on foi fortemente criticada nos comentários aos posts de Sábado e Domingo passados de algumas dessas pessoas da Moda que mantém negócios activos nas redes sociais. Paris e o mundo ocidental estão

Continuar a ler…

LEVI’S 700

É mesmo assim, Levi’s 700. Porque este post é sobre isso e sobre a primeira vez que embarquei numa coisa destas, que reúne bloggers como imprensa e imprensa canónica, para promover uma actividade de demonstração de produto. Eu fui a demonstradora oficial do reino ibérico, como o jamón, e foi por isso que, pela primeira vez, estive num evento destes. A convite da Levi’s fui num instante a Madrid a um encontro ibérico reservado a imprensa e convidados, para a apresentação da nova série 700.

Continuar a ler…

Saudades do Futuro

Eu podia falar e escrever uma imensidão de artigos a toda a hora sobre todos os novos designers super cutting edge que andam a inscrever a Moda nas linhas tortas; podia dedicar-me a falar deles como quem fala do Futuro e de como a sua interpretação jovem do Presente nos pode projectar para o Futuro; podia dedicar-me a amar todos esses designers, porque na verdade, levanta-se uma pedra e saem da lá uns mil, pelo menos, e no meio de tanta gente há sempre umas

Continuar a ler…

ÊTRE OU NE PAS ÊTRE #CHARLIE

Seria impossível passar ao lado deste tema, que está na ordem do nó que trago no estômago desde que sucedeu: omassacre na redacção do jornal Charlie Hebdo, em Paris, na passada quarta-feira, 7 de Janeiro de 2015. De tudo o que já foi dito, escrito, opinado e noticiado pelas entidades nas quais se deposita a confiança dos espectadores, sabemos que a barbárie é condenável enquanto acto quer efectivo, quer simbólico. Sabemos que o atentado terrorista foi mais do que uma brutalidade contra o Ocidente. E

Continuar a ler…

A Cegonha

Parece que as cegonhas que fazem o trajecto Paris-Lisboa estiveram atarefadas no último trimestre do ano que passou. Contra todo o tipo de adversidades ao nível do tráfego aéreo português, noticia-se já em 2015 que em 2014 houve mais entregas – perdão!  nascimentos – que em 2013. Não terá sido, certamente, pelas excelentes condições de trabalho oferecidas às cegonhas, pelo reconhecimento do seu papel fundamental para a natalidade ou pela facilidade de utilização da rede de transportes públicos para conseguir aceder aos lares de quem

Continuar a ler…

A AMANTE DE LISBOA

No café de uma praça de um bairro muito tradicional e ao mesmo tempo cosmopolita de Lisboa, entra um cliente habitual, que embora não fosse morador da dita praça, tinha ali estabelecido o seu consultório há umas três décadas. Embora tivesse sofrido uma valente remodelação temática (o tema era “jazz”) e dispusesse de uma situação geográfica privilegiada, o café continuava a ser utilitário pois não era particularmente memorável em nada. Não se pode dizer que tivesse uma especialidade pela qual a sua clientela fiel corresse.

Continuar a ler…

Stepping Up The GAME

Depois da recente polémica provocada por um infeliz comentário de umas bloggers com cerca de mil seguidores sobre o físico de Jessica Athayde no desfile da Cia Marítima na última edição da ModaLisboa, que quase de forma irónica para a posteridade se chamava “Legacy”, originou-se uma onda de solidariedade para com as alegadas “carnes” de Jessica, comentadas de forma jocosa e frugal, uma vez que desapareceram quase de imediato das redes sociais onde foram publicadas. Mas não foi a curta permanência “no ar” do comentário que referia

Continuar a ler…

Watch down memory lane: ‘Gilmore Girls’

Para a Joana, que sempre partilhou este amor comigo “Gilmore Girls”. Gilmore Girls. No dia 1 de Outubro, a Netflix passou a ter disponíveis todas as temporadas deste série de culto, o que deu origem a muitos textos na Internet sobre toda a espécie de coisas Gilmore Girls–related. Obviamente, eu também tive de voltar a ver a primeira temporada, dado que sempre funcionou para mim como comfort food.  “It’s not a religion, it’s a lifestyle” A série, criada pela Amy Sherman-Palladino (a Jenji Kohan do Orange

Continuar a ler…