Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

Ma PICKS

A estreia da angolana Nadir Tati na Moda Lisboa deu cabo de mim.
TUDO!!!
Meu Deus!!!
Estes dois coordenados eram capazes de me fazer feliz assim em modo pleno.
Turbantes! Eu que adoro turbantes fiquei para lá de feliz ao vê-los tão bem integrados! Tudo tão bem medido, tão bem estruturado, tão lisonjeiro!!! Uma surpresa maravilhosa, uma entrada pela porta grande!
CLAP CLAP CLAP!!!
#nadirtatinaosaiasmaisdaqui <3 <3 <3

1nadirtati 2nadirtati

AwayToMars.
Este conjunto de camisa-casaco com calças. OMG!
A riqueza do estampado leva as formas aparentemente básicas a um outro nível.
Óptimo.
Era pôr agora ali em cima da cadeira onde ponho o que vou vestir, para usar amanhã, na minha vida real.
<3
#readytowearaindahojequeasarjanaoeassimtaoquente
3awaytomars

Carlos Gil.
Não sei se é da modelo (que adorei imenso) se do que é, mas este coordenado fez-me muito feliz.
Saias! Eu bem que me queixo de saias e da falta delas, do más que são em todo o lado, e esta é, pura e simplesmente maravilhosa. Um look que usaria directamente sem passar pela casa da partida, à excepção dos sapatos, para fazer tudo. Tradicional q.b., prático, bom. É claro que os vermelhos e os brancos, as calças em pele, tudo isso me tocou no coração, mas este look?
Awesome! #majorwant
4carlosgil

O meu sérvio preferido, Aleksandar Protic.
Era pegar e usar.
O blusão, as cores, a sobreposição, a limpeza…
É sempre genial ver o que sai do atelier deste homem e é ainda mais genial pensar que quero sempre usar tudo.
Oooohhhhh O vestido dourado!… NHAM NHAM!!!
#extremewanttudo 5aleksandarprotic

O Miguel Vieira tem o condão de fazer roupa altamente vestível.
Também tem o condão de trabalhar uma imagem feminina com a qual não me identifiquei assim muito, durante muito tempo. De repente, de há uns tempos para cá, dou por mim a gostar muito das coisas do Miguel Vieira, completamente prejudice free. Este coordenado é magnífico. Preto com textura. A-D-O-R-O! Ainda por cima na Milena Cardoso, que é linda de morrer, não se aguenta!
Se conseguisse usar assim um saltão (como o das botas do desfile) na vida real, passaria o Inverno que vem montada nele (no saltão!), e ia articulando as duas peças deste combinado (uma sweatshirt e um par de calças à boca de sino vincadas! Literally, I die!!! <3) com o resto das coisas que estou aqui a escolher para usar, caso tudo o que se passa neste blogue venha a tornar-se realidade! #wish
Isto é tão Tom Ford toned down para a minha realidade que dói!
#bowdown
6miguelvieira

Luís Carvalho e a modelo que me tem apaixonada na peça que me matou!
Este casaco respira 40’s.
Toda a colecção respira 40’s, só que aqui o que me puxa mesmo para o momento drooling é a cor. Verde. Assertoado.
Luís, achas que eu ficava bem com este?
#omgthisovercoatandicangonakedunderneath!
8luiscarvalho

Dino Alves.
Costumo ver o Dino Alves e as coisas dele como coisas que não conseguiria vestir. Que aprecio, mas que não conseguiria vestir. Também costumo encontrar o Dino Alves na rua, e sempre calculei a proximidade dele do que acontece nos sítios por onde o encontro, e de repente consigo encontrar tudo isto que acho que tenho encontrado, nesta colecção.
Faz sentido?
Este primeiro vestido é muito lindo.
Gosto de tudo, especialmente das cores, que me fazem lembrar os lenços Hermès da minha Mãe.
O conjunto seguinte fala-me ao coração porque umas das minhas calças favoritas de sempre são rosa-choque, da Blumarine, que herdei da minha Tia há uns valentes quinze anos e que continuo a usar religiosamente. A minha Tia (que vive em Macau, onde a cor não é proibida e o color block se pratica desde sempre) também já me deu uns pares de calças de seda selvagem rosa choque, de riscas verticais e em amarelos profundos, mais a atirar para os ocres, que adoro usar no Verão com ténis rotos. Consigo encontrar isso neste coordenado do Dino, bem como também consigo encontrar uma outra coisa que amo que é o universo Western.
No terceiro coordenado, adoro a onda Christina Ricci as Wednesday Addams.
Dino, adoro os chapéus porque me fazem lembrar o que o André e. Teodósio costuma usar. <3
#allblackeverythingismorecolorfulthanever
10dinoalves 11dinoalves 12dinoalves Olga Noronha.
Uma peça conceptual, linda, poética, forte, essencial.
Quero tanto isto.
#myheartwillhardlygoonafterthis
13olganoronha Ricardo Andrez.
Sempre com umas silhuetas que me matam e me põem a pensar, tudo o que é Ricardo Andrez faz-me lembrar Ricardo Varela, e isso é tipo, AMOR.
Não consegui ir ao desfile, fiquei roída e morta de pena, mas fiquei feliz pelos Coneheads e por tudo o que vi depois em fotos. Adoro sempre as texturas e as sobreposições.
Escolhi este coordenado para o Varela.
Acho que isto lhe ia ficar lindo.
#dressforsuccesstakentoanotherlevel
14ricardoandrez

M HKA.
No gender, no bender. QUE BOM! <3 <3 <3 <3 <3
Façam-me chegar isto tudo, que eu juro que lhe faço um óptimo proveito e que não se vão arrepender!
#oversizingandpatterninglikeaboss
15MHKA 16MHKA

Patrícia da Costa. ou PPDC.
De repente fiquei tão feliz quando vi tudo isto que varri a internet inteira à procura de mais.
O styling deste desfile era maravilhoso.
Eu usava tudo e escolhi todos os coordnados, na verdade, mas para não espetar aqui todos os looks do desfile, obriguei-me a escolher apenas um, e cheguei aqui: a uma saia longa e farta, cheia de um movimento que sugere solenidade, metalizada, combinada com uma estrutura rígida nos ombros, desenhados. A manga subida a compensar o tapanço proposto pela saia. Cabelo e maquilhagem.
Tudo nota MILH!
#tudoperfeitopatriciadacosta
#mesmerized

17patriciadacosta KOLOVRAT.
Roubava aqui este casaco ao look masculino para combinar com o vestido cor de rosa do look feminino e tinha a minha farda perfeita para todos os momentos da minha vida, a partir desse momento.
Estes trabalhados em pele, com a forma de folhas que costumo ver-lhe nas peças são sempre muito bonitos, dão um efeito magnífico e realçam a importância do trabalho manual na construção das suas peças. Nesta colecção adoro a variedade de texturas e padrões. E as cores.
Gosto muitíssimo do que faz porque consigo rever-me nela, nas suas criações e naquilo que propõe.
Ok. Não me aguentei e escolhi também o casacão cor de rosa, genial.
#illgiveyoumyadressinaprivatemessage
<3
19lidjakolovrat20kolovrat23kolovrat

Uma coisa importante: a Alexandra Moura fez O objecto de desejo desta colecção, em colaboração com a Goldmud que não encontro fotografado em lado nenhum: umas botas brancas com tacão em acrílico translúcido. <3
#precisodessasbotasparavivervámaisoumenos

0

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.