Trashédia

YOU WILL BE HAPPIER WITH LOWER STANDARDS

QUITAGRASAS

Não sei se já vos aconteceu – a mim acontece-me imenso – ter assim dias em que parece que a minha cara é uma travessa de um restaurante que à quarta-feira aos almoços tem como prato do dia Cozido à Portuguesa. Às vezes sinto que a minha cara é uma bandeja de um desses restaurantes numa quarta-feira às duas e meia da tarde. Só que de manhã, mal ponho o pé fora de casa.
Começo a ter a sensação que tudo é gordura e oleosidade e isso faz o favor de me afligir o dia inteiro, especialmente se não tiver forma de resolver a situação.
Ora, como andar com uma carteira cheia de tralha já é o mais habitual para uma Mulher que é Mãe, dispenso amplamente aquela bolsinha género necessaire cheia de maquilhagem de emergência, a lima de unhas e o espelhinho e mais não sei quantas coisas que vejo dentro das carteiras de muitas Mulheres. Skippar essa bolsinha tem o seu preço: é sinónimo de, quando me acontece ter esta sensação gordurosa (e sim, pensem no Herman quando estiverem a ler isto), estar desprevenida – AH – (e agora em Artur Albarran) O drama, A tragédia, O horror.
A pele, que por acaso é o nosso maior órgão e à qual nem sempre damos a devida importânica, está constantemente a eliminar gordura através dos poros. Juntamente com o suor, essa gordura cria uma camada que protege a pele. Daí aquelas conversas todas dos produtos que não alteram o pH da pele, etc, etc, etc, e de devermos ter imensa atenção ao que é abrasivo para nós.
O que é que acontece? – Acontece que, de vez em quando, devido às instabilidades hormonais de que as Ladies padecem, a pele segrega mais gordura que o habitual, porque as glândulas produzem mais sebo, sebo esse que precisa de ser eliminado e que tem de sair pelos poros da cara, evidentemente. Não podia sair por zonas que às vezes estão secas e onde nos esquecemos de por creme, não? Género pelos cotovelos ou pelos joelhos ou pelos calcanhares… Não, o SEBO tinha de sair logo pela cara, claro… Enfim!…
Pronto, já chega.
Às vezes sinto-me gordurosa e por causa disso e de alguém que alguma vez me terá mostrado isto (acho que foi a Susana Pomba), descobri este produto que é genial e evita a aplicação de pós ou produtos que não deixam a pele respirar.
Estes papelinhos de arroz à venda na Muji por €2,50 não pesam nada e também não roubam centímetros cúbicos vitais à manutenção da estabilidade do ecossistema que é o interior da carteira de uma Senhora. Sebosa, mas um Senhora!
Assim que sentirem gordura ou avistarem gordura, é aplicar um destes papelinhos na zona afectada e verificar que os ditos absorveram aquilo que a vossa pele não quis.
O que é que a skin quer?
Uma carteirnha de papelinhos de arroz da Muji!
YAY!

1
1 Comentário sobre “QUITAGRASAS”
  • A mim é ao contrário… pele seca!!! Especialmente quando trabalho e que faço??? Carrego nos cremes para a cara e quando não os levo (porque me esqueço tantas vezes…) lá vai um daqueles “body lotions” (é o que diz nas embalagens…) dos hotéis!!!
    Quando for pai, estou sempre safo, os bebes precisam sempre de cremes e eu vou aproveitar para roubar!!!

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.