Exercises in Seating

Max Lamb é um dos designers que queríamos ser.
De cada vez que Lamb tem um trabalho novo, invejamo-lo (e isso não é uma coisa bonita, sabemo-lo) por não termos sido nós a fazê-lo.
E é assim desde que se formou e apresentou Exercises in Seating como projecto final, alinhando com uma tendência da viragem de século, em que os designers se começam a focar na experimentação e manufactura das suas criações, controlando assim todo o processo de criação e produção, mas também dando origem a criações mais raras e cotadas no mercado das galerias e lojas de design de autor.
Max Lamb dedica-se aos materiais e explora técnicas de produção que remetem para a produção industrial, mas que têm intervenção manual e são muitas vezes as suas versões arcaicas.

MaxLamb_1

MaxLamb_9Lembramo-nos dos seus bancos em metal fundido, feitos na areia das praias da Cornualha ou dos blocos em pedra que, com uma intervenção mínima, se transformam em verdadeiras poltronas.

MaxLamb_4É neste sentido que muito do seu trabalho dá origem às criações brutalistas que lhe conhecemos, que são como intermináveis exercícios de experimentação com os materiais e formas. E, nesse sentido, são sempre perfeitas.
Mesmo quando cai nas mãos da indústria mais tecnológica consegue arranjar maneira de trocar as voltas à produção, adicionando novas fases ao layout de produção, onde o próprio acaba por intervir. O processo é o seu projecto.

MaxLamb_13De tal maneira que neste ano apresentou em Milão uma mostra quase retrospectiva dos seus exercícios – Exercises in Seating, sendo alguns deles cadeiras ou bancos perfeitos e acabados. São praticamente 10 anos de experiências e resultados em objectos de sentar. Ou 10 anos de histórias de produção num ciclo que esperamos seja infinito.

MaxLamb_11 MaxLamb_12

 

MaxLamb_8

Exercises in Seating (2006-2015)
15 a 19 de Abril 2015, Spazio Sanremo, Milão
Design: Max Lamb

Editor: o próprio e outros
Galerias: Fumi (UK) e Johnson Trading (NY)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *