MANIFESTO . Re.POST

17 de Março de 2010.
Foi quando comecei este blogue, que então estava alojado no blogger.
Hoje fui à procura deste texto, o primeiro de todos, que dava pelo nome de MANIFESTO.
Descobri que tinha 67 seguidores e 60 000 visitas num ano de existência.
Toma lá (Joana Barrios) a soma das estatísticas: média de 164 visitas por dia. (Isto para mim já é mainstream…!)

Reforço então, neste Re-POST, o carácter conceptual e de guerrilha deste meu blogue.

O MANIFESTO dizia assim:

Decidi, de uma vez por todas, fazer aquilo que tenho a fazer no mundo virtual. É-me absolutamente indiferente o que achem ou deixem de achar, aqueles que virão ler isto. Até porque (e estou segura de que isso irá acontecer) ninguém vai ler nada. Porque, segundo manda a cartilha mais moderna, a moda é só para ver. Os olhos comem, caso não saibas, Barrios… O quê?! Um blogue sem imagens com a luz sumida, fotografias em modo analógico, cores estragadas e rolos caducados? Um blogue sem referir a referência referida no blogue supracitado?! Mas… sem uma lista de links?! E… sem comentar as colecções dos grandes estilistas?! Será que esta rapariga pode manter uma coisa assim!? Eu aicho que sim, minha senhora! A questão é: Lisboa não é Paris. E como dizia o poema, “(…) Lisboa, não sejas francesa (…)”. PAU!

Não estou certa da mudança efectiva de nada.

1 comentário a “MANIFESTO . Re.POST

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *